Livros

 

O Sistema de Estratificação Social Brasileiro: pensando sistematicamente como a desigualdade funciona.

Sinopse

É uma viagem pelo Brasil. Da pequena cidade de Açucena à grande região Amazônica, a preocupação é sempre a mesma: explicar porque o país é tão desigual. Reunindo estudos de Archibald O. Haller e pesquisadores de primeira linha, o livro mapeia como o controle do poder econômico, político, da informação e do prestígio determina quem pode ser o que na sociedade brasileira. Mas não muda só a paisagem. O livro é ainda uma excursão pela história. Acompanha um momento de grandes transições, o processo de modernização do país. Mostra que se ampliou a educação, industrializou-se a economia, mudou a geografia das cidades, mas o pano de fundo continua o mesmo: a sociedade brasileira segue fortemente estratificada porque aquilo que causa essa estratificação altera-se muito lentamente.

Organizadores
Archibald Haller; Danielle c. Fernandes; Juliana a. dos Santos; Aline m. Guimarães; Manoel Tourinho

Clique aqui para saber mais sobre o livro.

 

Educaçao, Trabalho E Desigualdade Social

Sinopse

Esta coletânea reúne estudos de diferentes especialistas brasileiros nas áreas de desigualdade e mercado de trabalho. Traz uma contribuição da teoria e da pesquisa sociológica sobre educação, trabalho infantil, de jovens e imigrantes internacionais recém chegados ao mercado de trabalho brasileiro. Analisa também a burocracia e a classe gerencial (no Brasil e na Polônia). O leitor encontrará, ainda, reflexões sobre os impactos do uso de técnicas organizacionais fordistas e pós-fordistas na determinação dos salários na agropecuária e no setor têxtil brasileiro.

Organizadores

NEVES, JORGE ALEXANDRE BARBOSA / FERNANDES, DANIELLE CIRENO / HELAL, DIOGO HENRIQUE

Clique aqui para saber mais sobre o livro.

 

As cores da desigualdade

Sinopse

Esta coletânea reúne estudos de diferentes especialistas nacionais e internacionais na área de desigualdades sociais. Em particular, a obra busca debater o tema da desigualdade racial, a partir de evidências empíricas disponíveis. Os resultados apresentados indicam que há um claro processo de reprodução das desigualdades sociais que precisa ser enfrentado. Os negros continuam a ter dificuldades de inserção no mercado de trabalho, nomeadamente quando se trata de posições de maior prestígio e retorno econômico e social. Que o debate proposto possa resultar em políticas públicas mais efetivas em busca de igualdade de oportunidades.

Organizadores

HELAL, DIOGO HENRIQUE / FERNANDES, DANIELLE CIRENO

Clique aqui para saber mais sobre o livro.